Saae/Sorocaba finaliza muro de arrimo em córrego na Zona Sul – Agência de Notícias



2 de abril de 2024

12:54

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)

 

Fotos: Saae/Sorocaba

 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba (Saae) finalizou as obras de implantação de muro de arrimo no entorno da travessia do córrego às margens da Rua Professor Paulo Monte Serrat, na Vila Conceição, Zona Sul do município. As intervenções tiveram início em meados de fevereiro deste ano, com previsão inicial de 90 dias para conclusão, cujo prazo acabou sendo antecipado.

A construção do muro de arrimo foi executada tendo em vista as fortes chuvas ocorridas em janeiro passado, as quais ocasionaram o desbarrancamento dos taludes do córrego, na confluência entre as avenidas Washington Luiz e Comendador Pereira Inácio, e com a Rua Professor Paulo Monte Serrat.

Imediatamente após as chuvas, ainda em janeiro, equipes da autarquia iniciaram os trabalhos de estabilização dos taludes, sendo que os reparos das instalações foram finalizados na primeira quinzena de fevereiro, antes da edificação do muro de contenção.

O muro de arrimo, também conhecido como “gabião”, é formado por tela do tipo “gaiola”, arame galvanizado e pedra marroada, para conter e prevenir o deslizamento do talude do córrego em uma extensão total de 250 metros lineares, aproximadamente, contando as duas margens do local. No espaço, ainda neste mês de abril, somente serão finalizados os últimos detalhes de acabamento da obra, como implantação de grama, por exemplo.

O córrego possui extensão aproximada de dois quilômetros, desde a Bacia 2 do Reservatório de Detenção de Cheias (RDC) Água Vermelha até a sua foz, no Rio Sorocaba, percorrendo boa parte dos bairros da Zona Sul, especificamente aqueles paralelos à Avenida Washington Luiz, até o encontro com a Rua Paulo Monte Serrat e o Rio Sorocaba.

A equipe da autarquia continua atenta a todos os córregos que atravessam o município, nos quais são realizados regularmente serviços de manutenção e limpeza, para que o escoamento das águas ocorra da forma mais livre possível, no intuito de combater possíveis cheias.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *