As maiores goleadas da história

As maiores goleadas da história

O futebol é repleto de momentos marcantes, muitas vezes aguardados com ansiedade pelos torcedores. Alguns passes clássicos e dribles como a famosa “caneta” são os recortes favoritos dos comentaristas e que muito provavelmente, vão figurar no noticiário esportivo pós-jogo. São eles que geram burburinho e se espalham pelo boca a boca dos torcedores, marcando assim, os melhores momentos de uma partida. Mas indiscutivelmente, nada se compara ao gol. Sem dúvidas esse é o ápice de um jogo, definindo em números qual equipe merece ser vencedora. O placar final é o objetivo mais importante para os times em campo e algumas vezes, eles são realmente surpreendentes. 

Dignas de Guinness Book

Normalmente estamos acostumados a ver resultados no placar que giram em torno da média dos 3 ou 4 gols por partida. Algumas vezes, esses números são tão exorbitantes que merecem um destaque no inigualável livro dos recordes, Guinness Book. Como é o caso do 36×0 marcados pelo Arbroath em cima do Bon Accord, pelo campeonato escocês de 1885. John Petrie foi o responsável por 13 gols, ganhando também o título de jogador a marcar mais gols em uma partida. John Milne, goleiro do Arbroath, que era conhecido como “homem dos olhos de águia”, naquela ocasião não teve muito trabalho e há registros que mostram que Milne teve até mesmo tempo de pedir um guarda-chuva emprestado já que chovia muito na ocasião. Uma curiosidade revelada pelo árbitro Dave Stormont é que o placar poderia ter sido muito maior, já que 7 gols tiveram que ser anulados pois ele os anotou com giz! Além disso, como naquela época não se usavam redes nas traves, muitas pessoas que viram essa icônica partida de futebol ao vivo, duvidaram dos 36×0 e juravam haver contado mais gols. Outros resultados apontados pelo Guinnes são: 

  • Drayton Grange Colts 49 x 0 Eldon Sports Reserve, em Grande State, Inglaterra. A partida ocorreu em 13 de Novembro de 1988 e na ocasião, todos os jogadores do Drayton marcaram, inclusive o goleiro. 
  • Juvenis Midas FC 39 x 1 Courage Colts, na cidade de Kent, Inglaterra no ano de 1976. Detalhe: de virada com Kevin Graham como grande artilheiro da partida, marcando 17 gols. 
  • Austrália 31 x 0 Samoa Americana nas eliminatórias do Mundial de 2002. A seleção australiana, que é uma equipe forte, acabou caindo em grupo muito fraco que contava com Fiji, Tonga, Samoa e Samoa Americana. O resultado não poderia ser diferente. 

Mas o recorde mundial continua mesmo sendo o 149 x 0 registrados na polêmica partida entre o Stade Olympique de L’Emyrne (SOE) contra o AS Adema. O jogo ocorreu em Novembro de 2002 pelo campeonato de Madagascar. O fato curioso desse resultado é que a equipe vencedora não marcou nenhum gol já que todos foram contra. Bastante insatisfeito com o trabalho realizado pelo árbitro da partida, o técnico do SOE, como forma de protesto, obrigou os jogadores a marcar seguidamente contra seu próprio gol. A manobra não funcionou como o esperado, já que o técnico e vários jogadores do SOE sofreram punições e a equipe ficou banida dos campeonatos por 10 anos. 

Admin

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *